Author Topic: Maquinas hibridas  (Read 3765 times)

Offline Freewilie

  • Trade Count: (0)
  • Vigorosamente Floïd
  • *************
  • Posts: 621
  • Respect: +33
Maquinas hibridas
« on: November 07, 2020, 11:24:07 am »
0
Bom dia

Fiquei curioso neste vídeo  <a href="http://www.youtube.com/watch?v=T6QbDWnrnsA" target="_blank">http://www.youtube.com/watch?v=T6QbDWnrnsA</a>

no minuto 2.14 referem-se a maquinas hibridas (intermédio de close e open comb) e gostaria de descobrir que tipo de máquinas sao estas

isto porque com open comb fico com cortes ou pele irritada,  e com close comb o barbear fica perfeito mas com áreas q não consigo remover todo pelo (mandibula e pescoço)


Ps. já agora, comprei a Gillette nova que se tornou a minha maquina favorita e encostei todas as outras. incrivel como a maquina mais barata que eu tenho tornou-se a melhor.

Bom fim de semana
« Last Edit: November 09, 2020, 09:12:09 am by oversaturn »

Offline Freewilie

  • Trade Count: (0)
  • Vigorosamente Floïd
  • *************
  • Posts: 621
  • Respect: +33
Re: Maquinas hibridas
« Reply #1 on: November 07, 2020, 12:44:12 pm »
0
A pesquizar acho que que já cheguei a resposta

a Muhle R41 será uma hibrida por ter a barra de segurança mas tem dentes que a aproximam da open comb


No meio disto descobri que a Merkur 15C será uma maquina para iniciantes ao open comb por nao ser tao agressiva como uma open comb pura.

já está na lista de compras pois dou me mal com open combs mas quero algo mais eficaz que uma close comb

Offline Ishvadenbaden

  • Trade Count: (0)
  • Homem de Confiança
  • ********************
  • Posts: 1773
  • Respect: +1836
Re: Maquinas hibridas
« Reply #2 on: November 08, 2020, 08:45:49 pm »
0
A merkur 41 não é intermédia é agressiva. É das que mais se aproxima no resultado de um escanhoado com navalha .

Offline oversaturn

  • Moderador Global
  • Trade Count: (+4)
  • D.Quijote de La Toja
  • *
  • Posts: 19711
  • Respect: +404
Re: Maquinas hibridas
« Reply #3 on: November 09, 2020, 10:42:19 am »
0
Por acaso, acho o cabeçal da 41c/15c bastante suave.
Bastante mais suave que qualquer outra proposta actual que me consigo lembrar no que toca a OC.

Noutro registo, gosto também (e muito) das Gillette NEW inglesas, penso que podem ser uma excelente opção para quem procura uma OC eficaz mas sem agressiva.
I wish I could be half as sure of anything as some people are of everything...


Como colocar imagens no fórum? Vê aqui.
O que é o double-post e como evitar

Offline Latherão

  • Trade Count: (0)
  • Realmente Musgo
  • *************************
  • Posts: 2691
  • Respect: +1618
    • Email
Re: Maquinas hibridas
« Reply #4 on: November 09, 2020, 12:13:07 pm »
0
Acho que vai para aqui uma grande confusão:

- Muhle R41: é uma máquina bastante agressiva. De facto é híbrida, no sentido em que tem os dentes salientes e uma barra fixa por baixo. Mas este aspecto não significa que seja de agressividade média...
- Merkur 41c (ou 15C - mesmo cabeçal mas cabo diferente): é uma máquina de pente aberto da Merkur, muito suave. Tenho uma e é a máquina mais suave que tenho. Mais uma pista de que os dentes das OC não são sinónimo de agressividade.

A agressividade de uma máquina é dada essencialmente pela exposição da lâmina:


Como se pode ver nesta imagem, o facto de a guarda ser em pente aberto ou ser uma barra não interfere neste ângulo.

Na verdade os dentes da base de um pente aberto permitem que os pêlos maiores que ficam entre dentes fiquem mais perpendiculares à lâmina, o que facilita o seu corte, mas a pele continua a ser "empurrada" para longe da lâmina pelos dentes da base.

Se a ideia é procurar uma agressividade média sugiro uma Merkur 34c HD ou então uma ajustável, que lhe vai permitir regular essa mesma exposição da lâmina, ajustando a distância "A" e o ângulo de corte na imagem acima.

Espero ter ajuda a esclarecer e não ter lançado mais confusão... :)

Offline Latherão

  • Trade Count: (0)
  • Realmente Musgo
  • *************************
  • Posts: 2691
  • Respect: +1618
    • Email
Re: Maquinas hibridas
« Reply #5 on: November 09, 2020, 12:33:56 pm »
0
Já agora, segundo o exposto acima, podem-se tirar algumas conclusões:
- como as lâminas DE não têm todas a mesma largura e espessura a agressividade de uma máquina vai variar muito com a largura da lâmina que se usa. Com a mesma máquina terei agressividades diferentes se usar lâminas diferentes. As diferenças são pequenas, mas existem. Naquela imagem dá para perceber o impacto que umas décimas de milímetro a mais ou a menos vão causar.

- tirando a variedade de lâminas, a agressividade de uma máquina é na realidade uma questão objectiva, que se pode traduzir por um número: a exposição da lâmina.

- finalmente, quando alguém se queixa que uma máquina com pouca exposição é agressiva, é frequente que esse alguém esteja a usar pressão para compensar essa pouca exposição. E isso estraga tudo. Vai surgir vermelhidão e vai culpar a máquina, dizendo que é agressiva, quando na realidade o problema é que é pouco agressiva. Daí que a regra de ouro seja: NUNCA usar pressão!

Offline oversaturn

  • Moderador Global
  • Trade Count: (+4)
  • D.Quijote de La Toja
  • *
  • Posts: 19711
  • Respect: +404
Re: Maquinas hibridas
« Reply #6 on: November 09, 2020, 01:22:08 pm »
0
Verdade... Muita da agressividade (ou falta dela) que notamos nas máquinas pode ser compensada, até certo ponto, com uma lâmina diferente e/ou com um ajuste da técnica.

Mas isso só vai funcionar até certo ponto, obviamente...

Há máquinas que eu não consigo sequer imaginar a ser agressivas, ou a causar irritação... a Feather AS-D2, por exemplo. Ou a King C. Gillette - acho esta última bastante bem conseguida, no sentido em que consigo um barbear bastante bom sem grande esforço e com um grande conforto. Máquina porreira para se usar se te levantas às 5 da manhã todo ensonado :D
I wish I could be half as sure of anything as some people are of everything...


Como colocar imagens no fórum? Vê aqui.
O que é o double-post e como evitar

Offline Ishvadenbaden

  • Trade Count: (0)
  • Homem de Confiança
  • ********************
  • Posts: 1773
  • Respect: +1836
Re: Maquinas hibridas
« Reply #7 on: November 09, 2020, 03:49:47 pm »
0
A merkur 41 não é intermédia é agressiva. É das que mais se aproxima no resultado de um escanhoado com navalha .



Desculpem lá, queria obviamente dizer MUHLE R41. Nem sequer tenho a Merkur 41c .  As minhas desculpas pela confusão.

Offline pleitao

  • Trade Count: (0)
  • Numa nice c/ Old Spice
  • ******************
  • Posts: 1249
  • Respect: +680
    • Email
Re: Maquinas hibridas
« Reply #8 on: November 09, 2020, 08:04:17 pm »
0
Eu sinceramente não estou a achar a Muhle R41 muito agressiva, é agressiva sim, mas não tanto como em alguma reviews fazem crer, e depois tem a vantagem de ser bastante eficiente, isto a versão de 2013, que dizem não ser tão agressiva como a anterior.

@Freewilie em relação às OC, das que tenho, a Yaqi Mellon/Dual Open Comb (DOC) é um bom compromisso entre eficiência e suavidade, não estejas é à espera que seja muito eficiente, nada a ver, por exemplo, com a Muhle R41.
No dia 11 vai estar novamente a 4 dollars e tal no Aliexpress, apenas a baseplate + top cap, que foi quanto paguei, esta é enviada da china, julgo que também existe a máquina completa de espanha.

Na altura comprei a Yaqi CC, menos de 10€ do armazém espanhol, muito semelhante à EJ DE89, talvez ligeiramente mais agressiva, em preto, e depois mais tarde comprei a Mellon também em preto, assim uso o mesmo cabo.
Caso se pretenda, depois se juntares o top cap da Mellon com a base plate da CC, ficas com a Yaqi "Beast", que segundo dizem é parecida com a Muhle R41 em termos de eficiência mas mais suave, ainda não testei.
Ou seja, por menos de 15€ ficas com 3 opções, CC, OC mais suave e "OC" agressiva.

https://www.yaqishaving.com.au/blogs/yaqi-shaving/what-is-a-yaqi-beast-head
« Last Edit: November 10, 2020, 07:48:39 pm by pleitao »

Offline Freewilie

  • Trade Count: (0)
  • Vigorosamente Floïd
  • *************
  • Posts: 621
  • Respect: +33
Re: Maquinas hibridas
« Reply #9 on: November 11, 2020, 04:09:47 pm »
0
Verdade... Muita da agressividade (ou falta dela) que notamos nas máquinas pode ser compensada, até certo ponto, com uma lâmina diferente e/ou com um ajuste da técnica.

Mas isso só vai funcionar até certo ponto, obviamente...

Há máquinas que eu não consigo sequer imaginar a ser agressivas, ou a causar irritação... a Feather AS-D2, por exemplo. Ou a King C. Gillette - acho esta última bastante bem conseguida, no sentido em que consigo um barbear bastante bom sem grande esforço e com um grande conforto. Máquina porreira para se usar se te levantas às 5 da manhã todo ensonado :D
Tenho pele sensível e a king gillette tornou-se a minha favorita pelo conforto q me da

Passou a ser a minha máquina de uso diário e nem penso voltar a usar a dezena de outras q comprei inclusive a tatara

Se tivesse me iniciado neste barbear era a única máquina q comprava


Sent from my iPad using Tapatalk

Offline Freewilie

  • Trade Count: (0)
  • Vigorosamente Floïd
  • *************
  • Posts: 621
  • Respect: +33
Re: Maquinas hibridas
« Reply #10 on: November 11, 2020, 04:16:20 pm »
0
A merkur 41 não é intermédia é agressiva. É das que mais se aproxima no resultado de um escanhoado com navalha .
Confirmado

Penso q no vídeo ele mostrou a muhle 89 e a identifica como híbrida

Já a usei e não me senti confortável com ela pois tenho pele sensível e a mínima agressividade é complicado

Abs


Sent from my iPad using Tapatalk

Offline Freewilie

  • Trade Count: (0)
  • Vigorosamente Floïd
  • *************
  • Posts: 621
  • Respect: +33
Re: Maquinas hibridas
« Reply #11 on: November 11, 2020, 04:21:56 pm »
0
Por acaso, acho o cabeçal da 41c/15c bastante suave.
Bastante mais suave que qualquer outra proposta actual que me consigo lembrar no que toca a OC.

Noutro registo, gosto também (e muito) das Gillette NEW inglesas, penso que podem ser uma excelente opção para quem procura uma OC eficaz mas sem agressiva.
Viva estive prestes a encomendar entre a 15 a 25 ou a 41c

Preferi a 25 a 15c por ter a mesma cabeça mas cabo maior

Pelos vídeos q li não percebi a diferença da 25 para a 41


No final acabei por não encomendar pois os últimos vídeos recomendavam essas máquinas barba barbas cerradas ou para barbas de 3 dias

Infelizmente não tenho pele resistente para agressividade e fiquei com medo daqueles dentes e não comprei


Sent from my iPad using Tapatalk

Offline Freewilie

  • Trade Count: (0)
  • Vigorosamente Floïd
  • *************
  • Posts: 621
  • Respect: +33
Re: Maquinas hibridas
« Reply #12 on: November 11, 2020, 04:30:57 pm »
0
Acho que vai para aqui uma grande confusão:

- Muhle R41: é uma máquina bastante agressiva. De facto é híbrida, no sentido em que tem os dentes salientes e uma barra fixa por baixo. Mas este aspecto não significa que seja de agressividade média...
- Merkur 41c (ou 15C - mesmo cabeçal mas cabo diferente): é uma máquina de pente aberto da Merkur, muito suave. Tenho uma e é a máquina mais suave que tenho. Mais uma pista de que os dentes das OC não são sinónimo de agressividade.

A agressividade de uma máquina é dada essencialmente pela exposição da lâmina:
(Image removed from quote.)

Como se pode ver nesta imagem, o facto de a guarda ser em pente aberto ou ser uma barra não interfere neste ângulo.

Na verdade os dentes da base de um pente aberto permitem que os pêlos maiores que ficam entre dentes fiquem mais perpendiculares à lâmina, o que facilita o seu corte, mas a pele continua a ser "empurrada" para longe da lâmina pelos dentes da base.

Se a ideia é procurar uma agressividade média sugiro uma Merkur 34c HD ou então uma ajustável, que lhe vai permitir regular essa mesma exposição da lâmina, ajustando a distância "A" e o ângulo de corte na imagem acima.

Espero ter ajuda a esclarecer e não ter lançado mais confusão... :)
Confuso um pouco mas agradeco

A 34HD e recomendado para iniciantes e assumi q fosse das mais suaves assim como a EJ89 que é a que eu tenho.

A R41 e R89 também comprei no início entusiasmado  e ambas achei agressivas para mim

Fatip e futur támbem as pus de lado pots tenho pele se sensível. A futur é um massacre para mim mas a fatip se  com pente aberto e fechado te gostei


Para minha tristeza acho q não posso usar ÓCs por causa da pele  sensível não sei para além da minha falta de técnica se é pela exposição da lâmina ou os dentes que fico com irritação ou cortes

Vou experimentar novamente a fatip e se me der bem mando vir a 25c para acabar a coleção embora acho já ter encontrado a minha máquina ideal  Gillette king


Sent from my iPad using Tapatalk

Offline Freewilie

  • Trade Count: (0)
  • Vigorosamente Floïd
  • *************
  • Posts: 621
  • Respect: +33
Re: Maquinas hibridas
« Reply #13 on: November 11, 2020, 04:44:02 pm »
0
Já agora, segundo o exposto acima, podem-se tirar algumas conclusões:
- como as lâminas DE não têm todas a mesma largura e espessura a agressividade de uma máquina vai variar muito com a largura da lâmina que se usa. Com a mesma máquina terei agressividades diferentes se usar lâminas diferentes. As diferenças são pequenas, mas existem. Naquela imagem dá para perceber o impacto que umas décimas de milímetro a mais ou a menos vão causar.

- tirando a variedade de lâminas, a agressividade de uma máquina é na realidade uma questão objectiva, que se pode traduzir por um número: a exposição da lâmina.

- finalmente, quando alguém se queixa que uma máquina com pouca exposição é agressiva, é frequente que esse alguém esteja a usar pressão para compensar essa pouca exposição. E isso estraga tudo. Vai surgir vermelhidão e vai culpar a máquina, dizendo que é agressiva, quando na realidade o problema é que é pouco agressiva. Daí que a regra de ouro seja: NUNCA usar pressão!
A parte das lâminas confesso q tem sido a parte mais difícil da minha aprendizagem- escolher a lâmina específica para cada uma das lâminas e para diferente tipo de barba (barbear regular a cada 2 dias ou para barba mais grossa com 4 ou mais dias)



Vi um vídeo desse italiano q ele da a sua versão de como escolher lâminas :

1 -lâminas flexíveis para máquinas  slant ou com cabeça mais curva para se adaptar a cabeça da máquina


2 - rígidas para máquinas com cabeça sem curvatura para q as lâminas fiquem fixas e não oscilem no barber e assim reduzir os cortes


3  -lâminas revestidas ou platinum para barbas menos rijas e

4 - lâminas stainless  para barbas mais rijas ou grandes

Não sei se nada disto e verdade mas ando a aprender de todo o lado e agradeço as vossas dicas pois a combinação máquina específica e lâmina específica Por este caminho nem aos 90 anos chego lá


Abs


Sent from my iPad using Tapatalk

Offline Freewilie

  • Trade Count: (0)
  • Vigorosamente Floïd
  • *************
  • Posts: 621
  • Respect: +33
Re: Maquinas hibridas
« Reply #14 on: November 11, 2020, 04:45:17 pm »
0
Já agora, segundo o exposto acima, podem-se tirar algumas conclusões:
- como as lâminas DE não têm todas a mesma largura e espessura a agressividade de uma máquina vai variar muito com a largura da lâmina que se usa. Com a mesma máquina terei agressividades diferentes se usar lâminas diferentes. As diferenças são pequenas, mas existem. Naquela imagem dá para perceber o impacto que umas décimas de milímetro a mais ou a menos vão causar.

- tirando a variedade de lâminas, a agressividade de uma máquina é na realidade uma questão objectiva, que se pode traduzir por um número: a exposição da lâmina.

- finalmente, quando alguém se queixa que uma máquina com pouca exposição é agressiva, é frequente que esse alguém esteja a usar pressão para compensar essa pouca exposição. E isso estraga tudo. Vai surgir vermelhidão e vai culpar a máquina, dizendo que é agressiva, quando na realidade o problema é que é pouco agressiva. Daí que a regra de ouro seja: NUNCA usar pressão!
Na king gillette ou na EJ89 uso alguma pressão senão duvido q consiga remover os pelos

Já nas OC por medo é mesmo zero


Sent from my iPad using Tapatalk

Tags:
 

SimplePortal 2.3.5 © 2008-2012, SimplePortal