Author Topic: Um guia para o barbear (por FML)  (Read 82782 times)

Offline Caramelo

  • Trade Count: (+1)
  • Casca DOVO
  • **
  • Posts: 21
  • Respect: +26
    • Email
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #15 on: July 29, 2013, 11:46:58 am »
0
E uma barba rala, Emanuel!
Não penso que seja o caso, JL... a minha barba não é propriamente rala, é mais do tipo da que entope multilâminas... :P ;D

Penso que tem mais a ver com o que o Razoredge escreveu aqui pela primeira vez neste tópico: a sensibilidade da pele de cada um.
Para uns, o que seria uma lâmina ainda confortável, já será para outros uma lâmina que arranha.

A técnica de cada um também conta, na minha opinião: se se tiver uma técnica mais agressiva, fazendo mais pressão, por exemplo, as lâminas vão certamente durar menos, porque a pressão adicional vai fazer com que tenham tendência a "travar" mais e a dar uma sensação desconfortável bem mais cedo.

Há já muito tempo que eu penso que as lâminas são sobrevalorizadas nos fóruns hoje em dia. Claro que existem umas melhores que outras, mas.... pensem nos nossos avós, que faziam a barba todos os dias, e não andavam praí a experimentar 50 tipos de lâminas diferentes para saber qual era a melhor, nem as descartavam ao fim de 3 usos.

Repara, o meu avô fazia as compras numa pequena mercearia de aldeia. O natural era haver 1 marca de lâminas, geralmente BIC, Schick ou Gillette Platinum, consoante a altura... se houvesse duas em simultâneo era já um luxo! :D

Como sempre... YMMV. :)

  Eu tenho a pele sensível, o problema é mesmo o tipo de barba, ou é rala, intermédia ou é dura, e neste detalhe a lamina corta ou não corta, irrita ou não irrita (questão de tipo de pele). Sobre a duração das laminas, usando um exemplo absurdo, de certeza que uma lamina dará para 50 barbas ou mais no meu puto de 13 anos (só lhe aparo a zona do bigode),... portanto será o detalhe que faltará na equação; o tipo de barba/pelo de cada um. Mas eu lembro-me de ler que o FML (escrita pelo o mesmo) tinha uma técnica para as laminas durarem mais, mas...e aí o JL tem toda a razão.

Offline JLTG

  • Aspirante a ajudante de auxiliar de aprendiz
  • Moderador Emérito
  • Trade Count: (+6)
  • D.Quijote de La Toja
  • **************************************************
  • Posts: 11138
  • Respect: +26
    • Email
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #16 on: July 29, 2013, 11:48:31 am »
0
Concordo com todos vocês, mas, como frisei anteriormente, penso não ser uma questão de técnica! Minha pele era muito mais sensível no início dessa jornada, não tinha técnica, os materiais eram basicamente os mesmos, entretanto, as lâminas continuam durando o mesmo! Insisto em escrever pois ainda não encontrei explicação plausível para uma lâmina durar tanto com alguns!
José Luís Tomé Gonçalves

“Elogie em público e corrija em particular. Um líder corrige sem ofender e orienta sem humilhar." - Mario Sergio Cortella

“Se cortar, espirra sangue!” - José Luiz da Costa Gonçalves

Offline Rui Marques

  • Trade Count: (+17)
  • Affair com uma British Aristocrat
  • ***************************
  • Posts: 3134
  • PT - Lisboa
  • Respect: +93
    • Email
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #17 on: July 29, 2013, 12:05:29 pm »
0
Fantástico trabalho FML.  ;)
Certamente que vou seguir estes conselhos no meu próximo barbear.

Offline FML

  • Trade Count: (+3)
  • Rocket Man
  • **********************************
  • Posts: 4896
  • Respect: +129
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #18 on: July 29, 2013, 12:18:07 pm »
0
Desde já agradeço a paciência com que esperaram este artigo e o reconhecimento do trabalho que tive  :D (e foi mesmo bastante, então com as imagens...)

Também esperava que tivessem concluído, como o confrade oversaturn referiu, que o segredo está na adaptação da técnica. Com efeito, uma lâmina afiada permite uma técnica desleixada com bons resultados. Como lá atrás referia, uma lâmina muito afiada permite atacar o contrapelo diretamente, com alguns usos, essa mesma lâmina já não consegue repetir o feito, mas consegue o mesmo resultado, necessita é de outro procedimento e mãos hábeis.

As lâminas vão perdendo poder de corte, isso é inevitável, mas continuam a oferecer um escanhoado apurado durante bastante tempo, lembro-me de ter lido ao nosso confrade Soren (shm) que, para sua admiração, conseguiu obter 36 escanhoados de uma Derby sem qualquer "batota", ele esperava 10 no máximo.

Tive um professor que dizia que a frequência das aulas era 50% do exame, neste caso uma boa preparação do pelo e da pele terá um peso semelhante no escanhoado. Tudo o resto terá a ver com a forma como se ataca o pelo (e não se ataca a pele).

Se repararem bem, e relerem as partes em que insisto na rosa dos ventos, a minha técnica não é fixa em quatro passagens iguais para todos os escanhoados, mas sim adaptativa. Esta adaptação requer sensibilidade para perceber o que o conjunto máquina e lâmina precisam fazer para atingir o apurado pretendido. Esta adaptação ocorre não somente com o estado da pele e conjunto máquina/lâmina mas também com o desgaste de uma mesma lâmina.

A pedra de toque é perceber realmente como atingir o apurado pretendido de uma forma gentil para a pele, sem apressar nada, levando o tempo e realizando as passagens necessários para o atingir.

JL, Razoredge e Caramelo, já anteriormente tinha frisado que não possuía nenhuma fórmula mágica para que as lâminas mantivessem o fio por mais tempo, a técnica é que me permite aproveitá-las durante mais tempo. Tudo dependerá da pele e da barba de cada um, mas posso dizer que a minha barba será medianamente densa e dura o suficiente para me desaconselharem máquinas de barbear elétricas da Braun. Considero a minha pele resistente, mas tem um ou outro local muito sensíveis.

Razoredge, por favor trata-me por "tu", o "você" e afins fica reservado aos nossos confrades brasileiros.

Offline Caramelo

  • Trade Count: (+1)
  • Casca DOVO
  • **
  • Posts: 21
  • Respect: +26
    • Email
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #19 on: July 29, 2013, 12:28:58 pm »
0
 Já usei Braun(s) e Philishaves, não tem nada uma coisa a ver com a outra, essa teoria de que quem tem barba dura não pode usar maquinas de barbear é isso mesmo; "Teoria", na pratica é diferente. O problema é a duração das cabeças; no meu caso é mais ou menos, 2 meses para as Braun e 3 meses para as Philishve, e ao preço a que estão as cabeças...aí sim existe um problema com as eléctricas...

  Mas FML, esta diferença de opiniões não retira (no meu ponto de vista) o mérito do teu trabalho, mais uma vez parabéns pelo o mesmo.
« Last Edit: July 29, 2013, 12:30:47 pm by Caramelo »

Offline FML

  • Trade Count: (+3)
  • Rocket Man
  • **********************************
  • Posts: 4896
  • Respect: +129
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #20 on: July 29, 2013, 12:54:50 pm »
0
Já usei Braun(s) e Philishaves, não tem nada uma coisa a ver com a outra, essa teoria de que quem tem barba dura não pode usar maquinas de barbear é isso mesmo; "Teoria", na pratica é diferente. O problema é a duração das cabeças; no meu caso é mais ou menos, 2 meses para as Braun e 3 meses para as Philishve, e ao preço a que estão as cabeças...aí sim existe um problema com as eléctricas...

  Mas FML, esta diferença de opiniões não retira (no meu ponto de vista) o mérito do teu trabalho, mais uma vez parabéns pelo o mesmo.

Na altura que andei à procura de uma máquina (imediatamente antes de me meter neste barbear), nas lojas onde fui, o que me disseram foi que tinha a barba muito dura para aquelas máquinas novas todas catitas de triming e para as Braun de gama baixa. Que para a barba que tinha ou optava por cabeça rotatória ou por uma Braun de 300 e tal euros para ter um barbear aceitável. Mas de máquinas elétricas não percebo nada pois a minha experiência é muito limitada, nunca experimentei uma cabeça do tipo Braun sequer.

Offline JLTG

  • Aspirante a ajudante de auxiliar de aprendiz
  • Moderador Emérito
  • Trade Count: (+6)
  • D.Quijote de La Toja
  • **************************************************
  • Posts: 11138
  • Respect: +26
    • Email
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #21 on: July 29, 2013, 12:58:33 pm »
0
As elétricas literalmente moem minha pele!
Ao ler o tópico inicial, esperava o Santo Graal...
José Luís Tomé Gonçalves

“Elogie em público e corrija em particular. Um líder corrige sem ofender e orienta sem humilhar." - Mario Sergio Cortella

“Se cortar, espirra sangue!” - José Luiz da Costa Gonçalves

Offline oversaturn

  • Moderador Global
  • Trade Count: (+4)
  • D.Quijote de La Toja
  • *
  • Posts: 19711
  • Respect: +404
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #22 on: July 29, 2013, 01:28:43 pm »
0
Pois eu também acho que tem tudo a ver com a técnica, também.

Pelo menos foi a explicação que consegui arranjar quando me aconteceu tal "fenómeno", uma vez que foi a coisa que mais evoluiu no meu caso.

Reparem, eu usei DE's durante muito tempo, e nunca as lâminas me duravam mais que 5 barbeares. E nos últimos tempos (sei lá, último ano, talvez mais?), paulatinamente, as lâminas começaram a durar bem mais.
E como penso que a qualidade das lâminas não se alterou (não são como o vinho do Porto, que melhora com o armazenamento, pois :D), a minha exigência não diminuiu, nem a minha barba ficou mais rala (o mesmo já não posso dizer do cabelo, mas isso já são outros quinhentos), apenas posso "culpar" a evolução da técnica, que permite maior "leveza de mão"...

E esta a minha opinião, de acordo com a minha experiência, mas no entanto não pretendo convencer ninguém... como já disse mil vezes, cada caso é um caso, YMMV e tudo o mais, e admito perfeitamente que haja pessoas com experiências diversas da minha.
I wish I could be half as sure of anything as some people are of everything...


Como colocar imagens no fórum? Vê aqui.
O que é o double-post e como evitar

Offline Caramelo

  • Trade Count: (+1)
  • Casca DOVO
  • **
  • Posts: 21
  • Respect: +26
    • Email
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #23 on: July 29, 2013, 02:24:57 pm »
0
 Pois eu avalio a boa técnica com um escanhoado rente, sem sangue e sem irritações, aliás, uma técnica errada até pode prolongar a vida das laminas; pouca solicitação da mesmas resultando num corte pouco apurado...

Offline oversaturn

  • Moderador Global
  • Trade Count: (+4)
  • D.Quijote de La Toja
  • *
  • Posts: 19711
  • Respect: +404
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #24 on: July 29, 2013, 03:04:58 pm »
0
Pois eu avalio a boa técnica com um escanhoado rente, sem sangue e sem irritações...

...obviamente. Tal como disse anteriormente:

[...]

E como penso que a qualidade das lâminas não se alterou (não são como o vinho do Porto, que melhora com o armazenamento, pois :D), a minha exigência não diminuiu, nem a minha barba ficou mais rala (o mesmo já não posso dizer do cabelo, mas isso já são outros quinhentos(Image removed from quote.)), apenas posso "culpar" a evolução da técnica, que permite maior "leveza de mão"...

[..]


E estava a falar exactamente desses parâmetros. O objectivo é sempre esse, um barbear confortável e apurado. Ninguém está a avaliar se a técnica é boa ou má usando como padrão de referência a duração das lâminas.

O que se passa comigo é que consigo actualmente ter "um escanhoado rente, sem sangue e sem irritações" durante mais vezes com a mesma lâmina.

Como está na introdução do post que o FML escreveu: "O apurar da técnica nunca teve como objetivo uma maior duração das lâminas, esta foi apenas uma consequência." Esse foi o meu caso, também.

Porquê? Pois, penso que seja a técnica mais apurada, ou pelo menos foi a explicação mais razoável que encontrei. Se um dia conseguir encontrar uma explicação melhor, pois alegremente mudarei de opinião.

aliás, uma técnica errada até pode prolongar a vida das laminas; pouca solicitação da mesmas resultando num corte pouco apurado...

É provável, mas não é o que se fala aqui (pelo menos, no meu caso).
« Last Edit: July 29, 2013, 03:06:59 pm by oversaturn »
I wish I could be half as sure of anything as some people are of everything...


Como colocar imagens no fórum? Vê aqui.
O que é o double-post e como evitar

Offline JLTG

  • Aspirante a ajudante de auxiliar de aprendiz
  • Moderador Emérito
  • Trade Count: (+6)
  • D.Quijote de La Toja
  • **************************************************
  • Posts: 11138
  • Respect: +26
    • Email
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #25 on: July 29, 2013, 03:24:06 pm »
0
Será que tenho que fazer algumas aulas?
José Luís Tomé Gonçalves

“Elogie em público e corrija em particular. Um líder corrige sem ofender e orienta sem humilhar." - Mario Sergio Cortella

“Se cortar, espirra sangue!” - José Luiz da Costa Gonçalves

Offline MotaJV

  • Trade Count: (+7)
  • Astra-ólogo
  • *********************************
  • Posts: 4667
  • Curitiba/PR - Brasil
  • Respect: +85
    • Email
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #26 on: July 29, 2013, 03:45:37 pm »
0
Excelente trabalho, FML!
But the tigers come at night

Offline Pitolas

  • Trade Count: (+6)
  • Astra-ólogo
  • *********************************
  • Posts: 4653
  • Respect: +11
    • Pitolashaving
    • Email
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #27 on: July 29, 2013, 04:47:40 pm »
0
Técnicas à parte, penso que o mais importante aqui é dar os parabéns ao FML, pelo excelente trabalho.
Uso correntemente algumas técnicas aqui abordadas, mas com o objectivo de obter o melhor escanhoado possivel sem irritações ou cortes, e não para prolongar a durabilidade das laminas. Quem me conhece sabe que tenho por norma usar as laminas apenas uma vez (tirando raras excepções claro).

Offline Leon

  • Vendedor / Moderador Emérito
  • Trade Count: (+18)
  • Devoto de São Martin de Candre
  • *
  • Posts: 2351
  • Porto, Portugal
  • Respect: +40
    • Vintage Scent
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #28 on: July 29, 2013, 05:25:40 pm »
0
Parabéns FML pelo extenso artigo.

No meu caso pessoal, como uso navalhas, pode haver um paralelismo com esta teoria. O fio da navalha também se gasta. Ao longo dos anos, tenho reparado que há navalhas que ficam "cegas" mais cedo que outras. Porquê? Por uma série de razões - composição do aço, tipo de lâmina, etc.

Fiquei "arrepiado" ao ver o ângulo de 35 graus nas técnicas complexas. Esta técnica é algo que uso, mas num grau muito mais suave, talvez uns 20 graus. Se usar 35 graus é certo e sabido tirar um bife :)



Melhores Cumprimentos,

Bruno

Visite a minha loja em www.VintageScent.com para pinceis Semogue, navalhas, cremes, sabões e serviço de afilamento e restauro de navalhas

Offline JLTG

  • Aspirante a ajudante de auxiliar de aprendiz
  • Moderador Emérito
  • Trade Count: (+6)
  • D.Quijote de La Toja
  • **************************************************
  • Posts: 11138
  • Respect: +26
    • Email
Re: Um guia para o barbear (por FML)
« Reply #29 on: July 29, 2013, 07:17:29 pm »
0
Navalha dá pra passar com a espinha quase rente à pele! E faz um bom serviço!
José Luís Tomé Gonçalves

“Elogie em público e corrija em particular. Um líder corrige sem ofender e orienta sem humilhar." - Mario Sergio Cortella

“Se cortar, espirra sangue!” - José Luiz da Costa Gonçalves

Tags:
 

SimplePortal 2.3.5 © 2008-2012, SimplePortal